PACOTE BARATO |

PB

Teste de covid para viagem internacional em 2022: saiba como estão as restrições

continua depois do anúncio
Esta notícia foi publicada há 35 dias por isso, essas promoções podem não estar disponíveis no momento. Acompanhe todas as notícias de forma rápida no Instagram @pacotebarato ou no Twitter.

Você já fez todo o planejamento para a sua viagem, começou a arrumar as malas, conferiu as passagens, e se depara com a informação: é necessário teste de COVID para entrar no país escolhido.

Saiba agora tudo sobre o teste de COVID para viagens internacionais.

Teste de covid para viagem internacional em 2022: saiba como estão as restrições -

Quais são os países que estão pedindo o teste de COVID?

Todos os dias existem países que estão modificando suas restrições para turistas – seja incluindo novas obrigatoriedades, seja retirando. Destacamos Paraguai, Equador, República Dominicana, Egito e Irlanda como alguns exemplos que exigem o teste RT-PCR para a entrada de visitantes.

Ao agendar sua viagem, verifique sempre as informações específicas de seu destino, inclusive, faltando alguns dias para o embarque, confira novamente.

Quais são os exames de COVID aceitos?

A maioria dos países exige que seja feito um teste do tipo RT-PCR, que apresenta maior efetividade na detecção do vírus.

O teste RT-PCR é realizado inserindo uma haste de algodão nas narinas, para recolhimento do material. A maioria dos postos de saúde realizam o exame, bem como vários laboratórios particulares.

Em alguns aeroportos, como o de Guarulhos, é possível realizar até antes de embarcar, com resultado imediato.

Qual é a validade do teste de COVID?

Normalmente, o prazo máximo dentre o dia do exame de RT-PCR e o embarque para o destino escolhido deve ser de, no máximo, 72 horas. Mas atente-se sempre às exigências do país e da sua companhia aérea.

O que o laudo do seu teste deve conter para ter validação internacional

Para ter validação internacional, seu teste de covid deve conter as seguintes informações:

  • Ser traduzido para inglês ou idioma do país de destino;
  • Seu nome deve estar escrito de forma idêntica ao seu passaporte, bem como sua data de nascimento;
  • Conter todos os dados do laboratório onde foi realizado, como endereço, telefone e razão social;
  • Ter o tipo de amostragem realizada, incluindo o tipo do exame, o resultado, e a data e hora de coleta.

Esses são os itens mais comuns em relação aos países. Mas é preciso verificar sempre as diretrizes do seu destino. Por exemplo, alguns países exigem o teste impresso enquanto outros precisam do mesmo digitalizado.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Em caso de dúvidas sobre o seu destino e os procedimentos necessários, verifique sempre com a sua companhia aérea.

Não se esqueça de levar várias máscaras ao viajar. O uso desse item de segurança é obrigatório em todos os voos e em locais fechados em vários países.

Compartilhe:

Leia também...