PACOTE BARATO |

PB

Rua Torta em Gramado: passeio rápido e grátis pelo centro da cidade

Rua Torta em Gramado
continua depois do anúncio

Que tal conhecer tudo sobre essa parada obrigatória? Então, acompanhe nosso guia completo sobre a Rua Torta em Gramado.

Gramado é um dos destinos do sul do país mais cobiçados que existem. A fama não é à toa: o lugar é lindíssimo, encantador e conta com belos passeios gratuitos. Entre eles, um dos melhores e mais famosos é a rua Torta.

Com formato bastante peculiar e belos jardins ao redor, a ladeira é um charme só e atrai milhares de visitantes que buscam as melhores fotos para levar de recordação.

Daremos dicas incríveis sobre esse e outros passeios em lugares próximos para você fazer nessa belíssima cidade gaúcha. Confira:

Onde fica a Rua Torta?

A boa fama dessa atração turística já começa pela localização. Afinal, a Rua Torta em Gramado fica no bairro Planalto: colado ao centro da cidade e perto de outros pontos turísticos relevantes.

A ladeira sinuosa conhecida como Rua Torta é, na verdade, um trecho de cerca de 100 metros da rua Emilio Sorgets. Esse trecho começa na esquina com a Rua Ângelo Bisol, onde fica a parte elevada, e vai descendo até a Avenida Borges de Medeiros, na altura da Praça das Etnias.

Não deixe de conferir o nosso guia de hotéis baratos no centro de Gramado!

Dessa forma, de uma vez só é possível atravessar a Rua Torta e conhecer a Praça das Etnias. Caminhando um pouco mais, também dá para visitar, por exemplo, a Rua Coberta, o Palácio do Festival de Cinema e a Fonte do Amor Eterno.

O que é a Rua Torta em Gramado

O encanto da Rua Torta não é mera coincidência. Na verdade, esse logradouro foi planejado em um projeto de revitalização da cidade e teve como grande inspiração a Lombard Street, em São Francisco, Califórnia.

A Lombard Street é famosa mundialmente pela longa ladeira em zigue-zague e foi concebida na década de 1920. A ideia era eliminar alguns degraus e permitir o tráfego de automóveis pelo logradouro. O projeto deu tão certo que virou ponto turístico, foi cenário de filmes e jogos e serviu de inspiração para outras cidades.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Lombard Street
Lombard Street (fonte: WikiMedia)

Uma das diferenças é que a Rua Torta é menos íngreme e bem menos sinuosa que a Lombard Street, mas a referência é bastante evidente. 

A Rua Torta possui, ainda, jardins floridos e postes com arquitetura do início do século. Ela é aberta ao tráfego de automóveis no sentido da descida, mas há muito pouco tráfego por lá. A rua também dá acesso a um hotel.

Leia: Hotel bom e barato no centro de Gramado: veja as 8 melhores opções

Originalmente, a Rua Torta foi concebida para se chamar Ladeira Florida, mas com o tempo foi sendo conhecida pelo nome que é chamada hoje.

Como aproveitar ao máximo a visita à Rua Torta?

Uma das dificuldades que os visitantes da Rua Torta podem encontrar é a quantidade de pessoas no local. Isso não é muito problemático para quem queira apenas atravessá-la. Entretanto, se a ideia é tirar boas fotos, o tráfego pode atrapalhar um pouco.

Assim, o melhor horário para conhecer o local é de manhã, de preferência por volta das 7 horas. Em baixa temporada, é possível encontrar a rua vazia em outros horários, mas nos meses de maior fluxo de turistas é mais difícil.

O mais recomendado é visitar durante o dia, mas ela também é bem charmosa à noite. Principalmente na época de natal, onde a rua é toda enfeitada e iluminada, dá para aproveitar a visitação nos dois períodos.

Por que visitar a Rua Torta?

A Rua Torta é um projeto arquitetônico muito interessante e peculiar. É algo difícil de encontrar pelo país e seus jardins possuem uma beleza encantadora. Além disso, o passeio é gratuito, de curta duração e pode ser aproveitado por todo tipo de público. 

A acessibilidade do passeio é perfeita, visto que a área de pedestres é de asfalto, separada por uma faixa amarela. Isso faz com que a Rua Torta possa ser facilmente visitada por cadeirantes ou pessoas com dificuldade de locomoção, por exemplo. Além disso, a inclinação da ladeira não é muito íngreme e por ser curta acaba sendo viável para crianças e idosos.

A paisagem também rende fotos muito boas, que podem ser utilizadas como simples recordação ou até mesmo para ensaios ou uso profissional.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Como incluir no seu roteiro em Gramado

Uma boa forma de aproveitar a Rua Torta é incluí-la em um roteiro que inclui as principais  atrações do Centro de Gramado. O ideal é chegar lá cedo, de preferência às 7 horas da manhã, para curtir o local com tranquilidade e ter tempo de aproveitar o resto do dia.

Em poucos minutos, é possível atravessar a Rua Torta e chegar à Praça das Etnias. Aproveite para conhecer a Casa do Colono, onde dá para tomar um café da manhã reforçado com produtos artesanais a preço super acessível.

A próxima parada recomendada são as atrações do centro propriamente dito da cidade. Ainda pela manhã, é possível conhecer o prédio do Festival do Cinema de Gramado e conferir a belíssima Fonte do Amor Eterno.

Na hora do almoço, você pode visitar a Rua Coberta e escolher um dos tantos restaurantes que existem por lá. Já a sobremesa perfeita pode ser encontrada na Fabulosa Loja de Chocolates Caracol.

Todo esse passeio que começa da Rua Torta é feito em menos de 1 km de caminhada.

Você pode gostar: Quando ir a Gramado? Melhor época para visitar Gramado na Serra Gaúcha!

A tarde pode ser aproveitada para escolher uma atração paga, que demanda mais tempo. Uma das opções é visitar o Museu dos Palácio dos Festivais, ou até mesmo assistir a uma sessão de cinema, se tiver no seu dia de visita.

Outra ideia é caminhar um pouco mais para conhecer o Mini Mundo: um incrível parque temático em Miniatura. Veja o roteiro todo no mapa abaixo.

Atrações perto da Rua Torta de Gramado

Ficou curioso para saber mais sobre as atrações mencionadas no tópico acima? Confira agora, em detalhes, as principais atrações próximas à Rua Torta em Gramado:

Rua Coberta

Não só de Rua Torta é feito Gramado. Conheça outra rua extremamente importante na cidade: a Rua Coberta.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Rua Coberta próxima a Rua Torta em Gramado
Rua Coberta em Gramado (fonte: WikiMedia)

A Rua Coberta é uma espécie de Centro Comercial com dezenas de lojas e restaurantes, no centro da cidade. O local está no coração de Gramado: em frente ao Palácio dos Festivais, sede do Festival de Cinema de Gramado, e liga a Avenida Borges de Medeiros com a Rua Garibaldi.

A Rua Coberta é ideal para sentar com a família e apreciar a ótima culinária dos restaurantes, bares e cafés. Ela também é lindíssima, especialmente no natal, quando fica toda enfeitada e recebe atrações especiais.

Fonte do Amor Eterno

Há poucos metros da Rua Coberta, está localizado o ponto turístico perfeito para os casais apaixonados declararem o amor um ao outro.

Fonte do Amor Eterno em Gramado
Cadeados na fonte do Amor Eterno (fonte: WikiMedia)

Já ouviu falar de lugares ao redor do mundo onde casais fecham o cadeado em algum local como sinal de amor eterno? Pois não é preciso viajar para Montevidéu ou Paris para fazer isso. Basta ir à Fonte do Amor Eterno com seu amor, em Gramado, e pendurar seu cadeado.

Segundo a tradição, pendurar um cadeado nas grades e jogar a chave na fonte simboliza a união eterna do casal. Nas lojas da cidade, é possível comprar cadeados com corações de metal em várias cores (em torno de R$30 a R$40) e gravar o nome dos apaixonados. Mas, se quiser, também é possível pendurar o próprio objeto.

Além disso, o passeio vale pela própria beleza da fonte, rodeada de cadeados com corações coloridos. Isso é válido principalmente à noite, quando a fonte recebe uma iluminação toda especial em tons azulados.

A Fonte do Amor Eterno está localizada entre a Igreja Matriz São Pedro e o Boulevard São Pedro, na Rua Ângelo Bisol, n.º 250.

Fabulosa Loja de Chocolates Caracol

Saindo do mundo dos apaixonados, mas mantendo a doçura, nossa próxima atração é uma loja conhecida pela variedade e ambiente cuidadosamente planejado.

Dica de leitura: Café Colonial em Gramado: os 15 melhores e os 3 mais baratos da serra Gaúcha

Com decoração caprichada e chocolate para todo o tipo de gosto, a Fabulosa Loja de Chocolates Caracol é um local que lembra os contos de fadas.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Ela é visitada em um percurso onde os turistas visitam diferentes salas e interagem com os personagens de lá.

Os ambientes são muito coloridos e decorados com soldadinhos de chumbo, bailarina, carrossel, livros suspensos e outros elementos que agradam as crianças e despertam a nostalgia dos adultos.

Os chocolates são da Caracol, uma empresa local que atua há cerca de 35 anos. Há opções de doces e sobremesas para comer na loja, além de um mercado com muita variedade para você levar para casa ou presentear as pessoas. Ela também fornece souvenirs de recordação.

A visitação é gratuita, já os preços dos produtos em si são mais caros que o padrão – mas é preciso levar em conta a experiência diferenciada na loja. Ela fica localizada na Av. Borges de Medeiros, nº 2605.

Mini Mundo

Aí está outra atração que conquista o público de todas as idades com um parque temático simplesmente espetacular, todo em miniatura.

O nome não poderia ser melhor: no Mini Mundo, os turistas encontram réplicas fiéis e em escala 24 vezes menor de diversas paisagens do Brasil e do mundo. Podemos citar, por exemplo, o Jardim Botânico de Curitiba, a Usina do Gasômetro de Porto Alegre, castelos europeus medievais e muito mais.

Todas as maquetes são feitas com impressionante riqueza de detalhes e são muito fiéis. Algo muito bacana é que as obras são renovadas regularmente, fazendo com que a cada férias e experiência do visitante seja única.

Em algumas paisagens, estão escondidos personagens famosos. Há quem diga que já encontrou a Rainha Elizabeth, Ayrton Senna e até Harry Potter por lá.

Atualmente, o ingresso para adultos custa R$52, com meia entrada para idosos e crianças de 3 a 15 anos. Ele fica localizado na Rua Horácio Cardoso, nº 291.

Palácio dos Festivais

Conhecer o local onde é realizado um dos maiores festivais de cinema do país é parada obrigatória para quem visita Gramado.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

O Palácio dos Festivais é o ponto cultural mais relevante da cidade. Além de sediar o Festival de Cinema de Gramado, ele funciona o ano todo com sessões de cinema e outros festivais esporádicos.

Dica de leitura: ​O que fazer de graça em Gramado: 17 opções de passeios gratuitos

Além disso, o prédio também abriga o Museu do Festival: imperdível para amantes da sétima arte. Na frente, há o Caminho das Estrelas, espécie de Calçada da Fama, onde estão registradas as mãos de diversos artistas do cinema brasileiro.

O ideal é conhecer o espaço por dentro, visitando o Museu e assistindo a uma sessão de cinema. Mas, mesmo por fora, o passeio já vale a pena por conta da belíssima arquitetura do prédio. No natal, por conta da decoração, a visita é ainda mais especial.

O Palácio dos Festivais fica na Avenida Borges de Medeiros, nº 2697. Por conta da pandemia, é preciso ficar atento às restrições para a visitação no local. O ingresso do cinema, na programação regular, custa R$15, e do museu, R$6.

Casa do Colono

Se muitas das atrações apresentadas anteriormente prezam pela alta produção e até um certo glamour, essa de agora conquista a todos pela simplicidade – mas sem perder o charme.

A Casa do Colono é um mercado tradicional em Gramado que lembra as vendas de antigamente, seja na arquitetura ou nos produtos vendidos. Por lá, é possível encontrar diversos produtos coloniais artesanais, como linguiças, queijos, geleias, pães caseiros, strudel e cuca.

O local é muito apreciado por oferecer preços bem mais em conta, se comparados com outros comércios turísticos da cidade. Por outro lado, a tradição é levada ao pé da letra: só é aceito pagamento em dinheiro, até hoje.

Essa atração fica localizada na Praça das Etnias e faz parte do projeto dessa praça. A Casa do Colono representa a cultura alemã e fica ao lado de comércios que remetem aos portugueses e italianos.

Não se pode deixar de conhecer a Rua Torta em Gramado

Como você pode perceber, Gramado é um destino excepcional que oferece muitas atrações no centro da cidade, muito próximas umas das outras.

CONTINUA DEPOIS DO ANÚNCIO

Entre elas, a Rua Torta é uma que certamente vale a visita. Afinal, ela é uma solução urbanística muito bonita e curiosa, bem localizada e super acessível a qualquer pessoa.

Além disso, é um passeio curto, gratuito e pode ser feito em um roteiro que engloba todas as atrações apresentadas neste artigo. No fim das contas, a Rua Torta em Gramado, é apenas um dos muito pontos turísticos relevantes da cidade.

Portanto, nossa dica é chegar na Rua Torta cedo e aproveitar todo o dia para conhecer, a pé, todos os encantos que o centro de Gramado tem para oferecer.

Compartilhe:

Leia também...